domingo, 3 de abril de 2011

Primeira Entrevista do Blog com Mauro Ramos, dublador do Pumba.


1ª-Vamos começar com o básico, como e quando você começou a dublar?
R- Comecei a dublar em 1989, pelas mãos amantíssimas de Mário Monjardim, o cara que acreditou no meu trabalho, sem nem eu mesmo acreditar! rsrsrs...Nunca havia entrado em um estúdio de dublagem...Até então me interessava por dublagem como consumidor, mesmo já sendo ator desde 1979, porque faço parte da primeira geração da chamada "babá eletrônica", quando  consumíamos muitos produtos dublados através da TV aberta...Mário me deu aquele empurrão através do pedido de Cordélia Santos, colega rádio atriz da Super Rádio Tupi do Rio de Janeiro...Fui contratado com apenas um teste de voz e sem ter feito cursinho de dublagem, no dia 15 de março de 1989...Devo portanto a Cordélia e a Monjardim minha entrada na dublagem.

2ª-Dentre todas as dublagens que você fez, qual a que você mais gostou de fazer?
R- Sou um crítico muito severo de mim mesmo como profissional, então já viu, né? Tudo que faço poderia ter ficado melhor, mas mesmo assim, gosto de dublar o Sully de Monstros SA, os filmes onde dublo Gary Oldman e Geoffrey Rush e incondicionalmente, o Pumbaa, de O Rei Leão...Como disse o Drummond uma vez: O Pumbaa é o seu Scooby Doo!

Como é dublar personagens que se tornaram tão famosos como Pumbaa, Zeca Urubu e o Coisa? As pessoas recolhecem sua voz na rua por causa deles?
R- Olha, há cerca de 10 anos ainda nos mantínhamos na condição de "Astros que despontam para o anonimato"! Mas, não tínhamos idéia da importância de nosso trabalho e da repercussão em nível nacional! Antes, quando reconheciam nossa voz, ouvíamos, de um modo geral: "Eu conheço essa voz!O senhor faz novela?" (Lógico que, mentalmente, o público fazia a associação do nosso trabalho com os colegas atores de televisão, porque não sabiam identificar com certeza, mas a referência era que ouviam todos os dias pela telinha!) Hoje já nos dizem que somos dubladores e até sabem nosso nome!!! Alguns se emocionam e choram, outros ficam animados, mas sempre, pelo menos comigo, sempre, repito, tratam com muito carinho e consideração. Sobre como é dublar essas personagens, só posso dizer que é o que a gente faz todo dia!!!!hahahahahahahahahahaha


Qual a sua opinião sobre a dublagem brasileira, que já foi considerada a melhor do mundo? Está indo no caminho certo?
R- Todos os campos de atividades passam por períodos de modificações, de transformações, quer queira em sua tecnologia de trabalho, quer em seus padrões de excelência..Cabe ao próprio meio "peneirar" o que chega de novo, o que se instala de erros, o que se consegue de avanços... e seguir adiante...Sônia Ferreira, minha grande irmã na dublagem, já falecida, dizia que sempre via gente nova entrando e saindo, e querendo reinventar a dublagem...Essas pessoas entravam, e sem deixar marcas, iam embora...E a gente continuava dublando!rsrsrs...O que posso dizer é que tudo que tinha que ser inventado na dublagem, já o foi, pelos pioneiros!!!O que nos resta é só prestar homenagem!!!

Quais os seus trabalhos mais recentes? Tem algum filme, série ou desenho sendo dublado?
R- Acabamos de dublar Rio, onde fiz o Pedro, um cardeal funkeiro...De série, tenho dublado No Ordinary Family e Mike & Molly!

Como foi dublar um filme de tanto sucesso como Piratas do Caribe? Você dublou o Cap. Barbossa, certo?
R- Sim, confesso, eu cometi essa dublagem!rsrsrsrs Foi uma satisfação enorme, porque voltei a dublar Geoffrey Rush, de quem sou grande admirador!!!

Muitas pessoas preferem assistir ao filme sendo ele legendado. Você saberia responder por que essa aversão aos filmes dublados?
R- É um direito que essas pessoas têm!!!E defenderei esse direito como cidadão e pessoa até morrer! Porém, não aceito quem não gosta de dublagem, e sem nem conhecer o processo, tripudiar sobre o assunto!!!Que se informe, que se esclareça, e não faça críticas como se a dublagem tivesse parado no tempo em seus erros e acertos!!! Essa aversão é coisa de uma minoria preconceituosa, minoria porque pouquíssimos têm o privilégio de falar muito bem outro idioma, preconceitos porque tiram todas as dublagens por opiniões dos outros ou de quem admiram, para serem aceitos nos grupos onde vivem....Mas, como diz o velho ditado: "Com as pedras que me atiraste, começarei minha loja de material de construções!!!!rsrsrsrsrs

Você já dirigiu e dublou( um personagem importante) ao mesmo tempo? É muito trabalhoso?
R- Já algumas vezes...É trabalho dobrado, onde o tempo passa mais devagar pelos cuidados que a gente , normalmente, tem que ter...Mas, hoje em dia, isso já não é quase comum, pois a consciencia profissional levou a termos cuidados com isso...

Teve alguma dublagem que você mais gostou de fazer com o Guilherme Briggs?
R- Quando eu estava diretor, quando fizemos a série do Buzz Lightyear e como ator, vários trabalhos...Normalmente, trabalhamos super afinados, por óbvia admiração, respeito e bandalheira mútuos!hahaha...Normalmente, é um grande prazer...Rimos e nos sacaneamos o tempo todo!!!

10ª Para finalizar, manda um recado pra galera que vai ler a entrevista no blog.
R- Agradeço enormemente a oportunidade que vocês me deram, fiquei muito lisonjeado e espero que as pessoas que estejam lendo jamais esqueçam que são consumidores de produtos da indústria do entretenimento no mundo, e que, como quaisquer consumidores, devem exigir qualidade dos fornecedores, em todos os níveis! Um grande abraço a todos!!

Muito Obrigado pela sua participação nessa entrevista Mauro, foi muito simpático da sua parte!! Nós gostamos muito do seu trabalho. Abraço e até a próxima.
R- Como saúda o Sr. Spock, desde seus 45 anos vulcanos: Vida longa à próstata!!!


Ps: Quando terminar de ler, por favor, comentem!! O blog só irá crescer se os leitores comentarem, então por favor, colaborem!! Obrigado!! :)

Essa foi a primeira entrevista do Blog, mas teremos muito mais.... Nas próximas semanas teremos Philippe Maia, Luciana Baroli, Angélica Santos, Marco Ribeiro e Ricardo Juarez. É só aguardar!! o/ 

Visitem também o blog sobre animes!! Muito Bom, recomendo!! http://gyabbo.wordpress.com/

6 comentários:

  1. Muito boa essa entrevista com o Mauro! O cara detona. XD

    ResponderExcluir
  2. Aiiin, adoro o Maurinho!!! *-* A voz dele é muito massa. O Pumbaa é muito lindo. :D Quero ver ele dublando Rio, deve tá muito lindo.

    ResponderExcluir
  3. Adorei a entrevista! <3
    Mauro Ramos é tão alegre!
    E o Pumbaa é muito mais que Scooby Doo! u_u HOEAIOAEH

    Tô louca pra ver o Rio, e agora vou prestar atenção no Pedro! HAEHOIAH

    Concordo com ele, filme legendado é direito, mas, pra mim, dublagem de animação é realmente pau a pau com o áudio original, eles sempre bolam umas piadas internas brasileiras.. muito bom! HIOAHEIOHA

    O recado dele tá guardado!!!!! *-*

    ResponderExcluir
  4. Realmente a dublagem brasileira é a melhot, sem dúvida, e o mauro ramos é um ótimo exemplo de como um dublador deve ser.

    ResponderExcluir
  5. E só para constar, Mauro Ramos tbm dublou Hasgard de Touro no anime "Cavaleiros do Zodíaco: Lost Canvas" e, em minha singela opinião, ficou muito bom!

    ResponderExcluir
  6. os dubladores brasileiros sao bons!! com certeza 10 pra eles que têm este maravilhoso talento!!!PARABENS!!!

    ResponderExcluir